Oi gente !!!! 
Estou aqui de volta pra falar sobre: Três coisas sobre você. 



Autor(a): Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Página: 288
Onde encontrar: Saraiva


Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...

Bom, esse livro é daqueles que te conquista pela capa sabe? toda fofinea e rosinha me chamou atenção logo. No inicio não sabia do que se tratava mas no decorrer da história você descobre que: 

(1) Jessie Holmes com apenas 16 anos de idade perdeu sua mãe para o câncer.
(2) Seu pai conhece uma mulher (rica) pela internet, se apaixona, se casa e se muda com a filha pra casa dela.
(3) Na escola nova, Jessie conhece ninguém, é rejeitada, mas depois um tal de Alguém ninguém começa mandar umas mensagens anonimas pra ela :0 

E ai que a história começa a se desenvolver.. Se você está numa ressaca literária daquelas, este é um bom livro pra recomeçar. Com a mudança, Jessie sente muita falta da sua melhor amiga, a Scarlat, ela era seu braço direito na vida, ela começa a sofre bulling, mas depois ela conheçe a Adriana, uma nova amizade surge. Ai as mensagens começam a surgir.....

"Tenho observado você no colégio. não de modo doentio, mas agora me pergunto: será que o simples fato de eu ter usado a palavra “doentio”, por definição, me torna doentio? de qualquer forma, acontece que... você me intriga. já deve ter notado que a nossa escola é um mundo vasto de Barbies e Kens, quase todos louros e de olhos vazios, e alguma coisa em você – no seu jeito de andar, falar e na verdade não falar, apenas observar a todos nós como se fizéssemos parte de um documentário bizarro do National Geographic – me faz pensar que você pode ser diferente de todos os idiotas da escola."


Confesso que fiquei muito curiosa pra descobrir quem era, isso faz com que o livro te prenda.... bem, passou até pela minha cabeça que seria o filho da Rachel, rs. ( madastra dela, tinha um filho, o Theo)

"Eu fico com vontade de saber o que se passa nessa sua cabeça. vou ser sincero: não costumo me interessar pelo que há na cabeça dos outros. a minha já dá trabalho suficiente. O objetivo deste e-mail é oferecer meus conhecimentos. desculpe ser o portador de más notícias: não é fácil se orientar nos territórios ermos do colégio Wood Valley. o lugar pode parecer caloroso e receptivo, com a ioga, a meditação, os cantinhos de leitura e o carrinho de café (desculpe: o Karrinho de Kafé), mas, como todos os outros colégios do ensino médio (ou de um jeito até pior), é uma droga de uma zona de guerra.
por isso me ofereço como o seu guia espiritual virtual. sinta-se livre para fazer qualquer pergunta (a não ser, claro, sobre a minha identidade), e vou me esforçar ao máximo para responder a você: com quem fazer amizade (lista curta), de quem manter distância (lista maior), por que não se deve comer o hambúrguer vegetariano do refeitório (longa história, você nem vai querer saber), como tirar 10 na prova da Sra. Stewart e por que você nunca deve se sentar perto do Ken Abernathy (problema de flatulência). ah, e tenha cuidado na aula de educação física. o Sr. Shackleman faz todas as garotas bonitas darem voltas extras pela quadra para poder olhar a bunda delas.
parece informação suficiente por enquanto.

e, só para constar, bem-vinda à selva."


 Depois desse e-mail, vinheram mais outros. Até se tornar uma amizade firme, o livro em si  se passa pelas trocas de e-mails dele, e eles geralmente citam 3 coisas sobre eles de determinado assunto para que eles se conheçam melhor, eu li algumas resenhas do livro, alguns conseguiram descobrir quem era o alguém ninguém, outros como eu (hahah) só no final!! 

Eu indico esse livro:
(1) por ser um livro pequeno e leve de ler
(2) pra te tirar de uma ressaca literária, (vá por mim)
(3) pela história em si, porque a Jessie passou por muitos problemas, considerando que ela é adolescente.