Sinopse: Pace Drake adora sexo. Ele sabe onde conseguir, o que dizer, o que fazer e ele não se desculpa por satisfazer as suas necessidades. Mas quando ele conhece a mãe solteira, Kylie Sloan, ele fica encantado com ela e começa a questionar seu estilo de vida. A seriedade e determinação de Kylie fazem seus dias de diversão, bebedeira, que predominam seus fins de semana, parecem vazios e superficiais. Ela é o oposto das mulheres pegajosas e desesperadas que ele está acostumado. Ela não quer ou precisa de ninguém para cuidar dela, o que só o faz querer cuidar mais dela.
A confiança de Kylie nos homens desapareceu. O último cara que ela brincou com um pênis, fodeu com seu útero e a deixou com um bebê para cuidar.  Agora o seu filho recém-nascido é o  único homem que ela tem tempo, mesmo que ela sinta falta de sexo e intimidade mais do que ela queira admitir. Abrir seu coração a um homem mais novo, que é mais conhecido por não ter amarras no sexo, por estilo de vida casual é provavelmente a pior ideia que ela já teve. Mas Pace quer provar a ela que ainda há bons mocinhos e ao observar a maneira doce que ele interage com o seu bebê faz com que ela queira tentar... mas ela pode realmente confiar em seus dias de conquistador estavam apenas em seu passado?

Resenha: Pace jamais pensou em se apaixonar, até que conheceu Kylie, ela tem um filho chamado Max, um bebê de 13 meses. O pai de Max os abandonou assim que descobriu que seria pai e o unico apoio que deu foi um cheque entregue pelo assistente, para ajudar com o que Kylie precisasse, mas ela tento um trabalho integral no qual trabalha para Colton, ela depositou os milhões em uma conta bancaria para a faculdade de seu filho no futuro.
Pace tenta de tudo para conseguira atenção de Kylie, mas ela esta machucada pelo o que aconteceu com o ultimo cara pelo qual ela se interessou de verdade.
Mesmo seu, irmão Colton não gostando nem um pouco da ideia, Pace pede conselhos para Sophia, esposa de Colton. Ela diz que do mesmo jeito que Colton lutou por ela Pace deveria lutar por Kylie. Então Pace aparece na casa dela segurando vários brinquedos para Max.
Kylie reluta em relação a Pace, mas Max começa a olha-lo com outros olhos.
Até que Kylie se machuca, e Pace resolve oferecer sua casa para que eles possam ficar. Ela reluta no começo mas logo depois aceita, mesmo que a casa de Pace não seja adequada para bebês, eles parecem se dar bem.
Mas então o pai de Max resolve aparecer e quer fazer parte da vida do filho, quer ter Kylie de volta, então ela resolve tentar, mas ao perceber que Pace sabe como se comportar e dar o de melhor ao seu filho, ela volta para ele, por que ela percebe que ele é o cara que pode faze-la feliz, mesmo coma reputação que ele tinha.
Eu achei que o livro mostra uma realidade que não é muito comum hoje em dia, mais ou menos, por que a maioria dos caras não querem mulher que já tem filhos. E Pace vai usando o filho de Kylie para se aproximar dela, o que eu acho meio tosco, mas foi eficaz.
Os três livros me deixaram intrigada e curiosa, deve ser por isso que eu li rapidamente (1 dia).

Espero que tenham gostado e até mais.


Deixe um comentário