Boa tarde pessoal, vamos lá para mais uma resenha de um livro emocionante? 
Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles.
Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente.
Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.
Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.


O livro conta a história de Mickey e Lucy, um casal que viu entre as diferenças de pensamento, algo que os unia, suas patologias.
Apesar de Mickey não querer um relacionamento ele não conseguiu ficar longe de Lucy. Eles se conheceram no aniversário de 21 anos dela, ele e seu sócio são donos de um bar no qual foi feita a comemoração. Mickey foi o comediante da noite, e nossa, aquele beijo foi o ápice de tudo.
Logo após o episódio Mickey tenta se manter afastado pois sua doença faz com que ele pense no tratamento e no bem estar das pessoas a sua volta.
Mickey Chandler possui um severo transtorno de bipolaridade.
Lucy, a mulher que deu um beijo de tirar o folego em Mickey não quer afasta-lo, mesmo após conhece-lo ela o quer ainda mais.
Lucy após perder sua mãe para uma doença chamada câncer ela tenta seguir a vida, porém ela e suas irmãs fazem vários exames ao longo dos anos para prevenção, porém isso não isentou Lucy da doença, e de um tratamento que foi vencido, e claro que Mickey estava ao seu lado, assim como ela estava quando ele teve surtos devido a bipolaridade.
No aniversário de 11 anos de casados, Mickey estava internado após um surto e Lucy estava em uma consulta de rotina, quando ela descobre algo que jurou que jamais deixaria acontecer.
Eles fizeram um contrato, simples, feito a mão mesmo, onde estipulavam regras para fazer o relacionamento dar certo, porém uma delas é quebrada.
Lucy tem que escolher entre viver esse amor que está descobrindo ou simplesmente viver.
É uma história de nos deixar com os nervos a flor-da-pele.
Nos faz refletir sobre cumprir a missão que Deus tem para nossas vidas e amar o próximo como a ti mesmo.
Não pude deixar de citar que estão em Outubro e é o mês que simboliza a prevenção contra o câncer de mama. Então não deixe de homenagear essas guerreiras.


Então amores, espero que tenham gostado da resenha, eu confesso que me emocionei muito com o livro, até a próxima e beijos.


Deixe um comentário