A aguardada continuação da série best-seller Perdida conta um novo capítulo da história de amor de Ian e Sofia pela perspectiva do cavalheiro que conquista corações por onde passa. Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto.

Mais uma resenha impressionante para vocês, estão preparados?

Ian Clarke está mais apaixonado que nunca! ♥
Ele e Sofia estão vivendo felizes e apaixonados com sua familia.
Ela estão se adaptando ao mundo dele, que também é dela, porém realizando algumas mudanças e deixando ele bem moderno, sim, com a permissão de seu querido e maravilhoso marido.
Ian e Sofia estão animados com o aniversário de Elisa, irmã mais nova de Ian. Elisa está completando 17 anos. Dentre alguns acontecimentos a máquina do tempo volta a funcionar para buscar Ian pois ele tem uma missão no futuro, para poder salvar seu amor e sua família. Porém algo da errado e Elisa acaba indo parar em outro século, devido sua curiosidade e raiva de Ian após te-lá obrigado a ficar noiva de Lucas, no qual ela estava aos beijos escondida no jardim.
Então Ian, Sofia e Elisa vão parar no ano de 2010.
Durante o decorrer do livro é até engraçado como Ian vai se portando a cada descoberto naquele "mundo de Sofia", o banheiro, o microondas, a televisão, a pia, as roupas...
Mas, as coisas começam a ficar complicadas quando Ian começa a esquecer de Sofia a cada dia, a cada dia ela vai sumindo aos poucos de sua memória.
Neste livro iremos ver que o tempo pode ou não estar ao nosso lado, e que não importa se perdemos a memória, podemos os apaixonar pela mesma pessoa se estamos destinados a viver juntos.



Deixe um comentário