Olá pessoal, estou aqui para postar as primeiras impressões do livro Feridos da parceira Jhey Lee. Quem me acompanha no ig sabe que eu já postei lá, mas estou postando aqui também.

Sinopse:

Quando a sua alma está ferida, despedaçada a tal ponto que a sua única saída é se entregar, fugir da realidade, deixar a mente te levar a outro mundo... Vícios. Brigas. Morte. Feridos retrata não a história de vida de gangues repletas de lindos meninos, não fala de um amor impossível... Feridos vai além de suas próprias páginas, revela o submundo das drogas, o refúgio que muitos buscam para tentar ser livres, mas acabam caindo em uma prisão eterna. Gangues disputam o espaço, brigam por território. Para eles não se trata somente do lugar físico, mas eles brigam por cada jovem. Eles disputam por suas vidas. Tiram o direito do livre arbítrio. Formam dependentes e os quebram em pedaços. Não vamos falar de Tigres, Dragões, Panteras Negras, Irmãos Slater, ou do romance entre AngelLee e Nick. Vamos falar de tantas vidas que estão retratadas nas entrelinhas desse livro. Feridos desnuda a sua alma e vê a sua tempestade pessoal. Deixe Feridos te resgatar dessa batalha interna.


O livro Feridos fala sobre a história de AngelLee.

Confesso que o livro começou um pouco confuso mas aos poucos fui entendo, claro.

AngelLee devido ao Conselho Estudantil vai para uma escola onde ela acaba vendo que existem várias culturas. Logo em sua chegada ela tem que ser salva, dai ela começa uma grande amizade com Kurt. Onde ela vai conseguir desarma-lo.
Mas o livro também vai falar sobre a dor da perda Sury e Miguel.

Bom, não vou falar muito porque eu também não sei muito hahahaha são apenas primeiras impressões. 
Mas devido ao livro foi muito bom acabar conhecendo um pouco de algumas culturas, conhecer um pouco da história de AngelLee. O livro é muito interessante, acabamos aprendendo junto com a história em alguns momentos em que os alunos estão em aula.
AngelLee é linda e muito graciosa, em alguns momentos ela deixa os alunos de boca aberta por ser tão fofa, e não ser de nenhuma panelinha específica.


Espero que tenham gostado, até mais.


Deixe um comentário